(11) 2225-9500

(11) 94244-5472

R. Dr. Luís Carlos, 747 - Chácara Califórnia - São Paulo - SP

Notícias

Em recente artigo no periódico científico “Nature Biomedical Engineering”, pesquisadores internacionais apresentaram um novo procedimento diagnóstico que monitora rápida e facilmente infecções e rejeições em pacientes submetidos à transplante de rins. A técnica conta apenas com uma amostra de urina e a tecnologia de edição genética conhecida como CRISPR.
 
O novo teste desenvolvido pelos cientistas do Centro Max Delbrück para Medicina Molecular da Associação Helmholtz avalia dois vírus oportunistas que costumam infectar pacientes submetidos a transplante de rim — o citomegalovírus e o poliomavírus BK — e também o marcador mRNA de CXCL9, cuja expressão aumenta durante a rejeição aguda do transplante.
 
O teste do Centro Max Delbrück amplia o DNA Viral na amostra de urina para que ele possa ser detectado pelo CRISPR e apresenta os resultados de maneira semelhante a um teste de gravidez.
 


Mais detalhes aqui: https://www.mdc-berlin.de/news/press/diagnostics-meet-crispr .
 
O artigo citado pode ser acessado em: https://www.nature.com/articles/s41551-020-0546-5 .
« Voltar