Medicamentos

remedios

NUNCA TOME MEDICAÇÃO SEM PRESCRIÇÃO DO SEU MÉDICO NEFROLOGISTA

Os medicamentos são ferramentas importantíssimas para ajudar o tratamento da Doença Renal Crônica. Mas precisam ser controlados pelo médico nefrologista, para não atrapalharem ao invés de ajudar.

  1. Traga todos os medicamentos (ou as receitas ou as embalagens) que você toma ou que te foram receitados para a consulta com o médico. Ele verá quais podem ser mantidos, quais serão suspensos e quais serão adicionados ao seu tratamento.
  2. Traga as medicações prescritas pelo médico nos dias de tratamento de hemodiálise. E tome as medicações em casa conforme a receita para melhores resultados. remédios eu devo tomar?

Em caso de dúvida, converse com o médico, não tome nada diferente sem que ele autorize.

Quem tem Doença Renal Crônica muitas vezes tem outras doenças associadas, que precisam continuar sendo observadas quando se inicia o tratamento renal.


Entre as doenças e medicamentos mais comuns destacam-se:

PRESSÃO ALTA

  • Existem vários tipos de medicamentos para controlar a pressão alta, já que os rins não conseguem mais ajudar o corpo.
  •  A dosagem e o tipo devem ser ajustados pelo médico periodicamente, de acordo com o tratamento da DRC e variam bastante conforme a necessidade do paciente.

DIABETES MELLITUS

  • Muitos pacientes começam a Terapia Renal com ou por causa do Diabetes e precisam manter o tratamento.
  • Mas o tipo de medicação e a dose precisam ser analisados e adequados pelo médico, para ser mais eficiente junto com o tratamento da Doença Renal.
  • A dieta é essencial para que o tratamento seja mais eficiente. Veja a seguir, na parte de Nutrição, informações importantes para a saúde.

ANEMIA

  • Quando os rins não funcionam direito, o corpo diminui a renovação do sangue, e isso causa anemia.
  • A deficiência de Ferro é corrigida durante as sessões de hemodiálise, além da reposição de hormônios que atuam na renovação do sangue. Os tipos e doses de medicações são determinados pelo médico e variam bastante de paciente para paciente, inclusive ao longo do tratamento.

FÓSFORO

  • A DRC impede que os rins eliminem o excesso de fósforo do organismo. Esse acúmulo pode causar doenças no coração e alterações nos ossos.
  • As máquinas de hemodiálise não são conseguem tirar todo o fósforo que fica no corpo, então é necessário tomar uma medicação do tipo QUELANTE DE FÓSFORO, que impede que o fósforo que é ingerido com a comida seja absorvido.
  • Os mais conhecidos são o Sevelamer e o Cálcio. O tipo e a dose dependem da necessidade do pacientes e é feita pelo médico com base nos resultados dos exames.

OSSOS

  • Junto com a Vitamina D, outro hormônio chamado PTH ajuda a controlar a saúde dos ossos. A falta deles é comum em quem tem DRC. E alguns medicamentos são necessários para isso. Calcitriol, Paracalcitriol e Cinacalcete são os mais comuns.
  • As doses e o tipo dependem do tratamento necessário para cada paciente e o médico vai analisar toda a situação para definir qual o melhor em cada caso.

INCHAÇO

  • Muitos pacientes com DRC precisam controlar o inchaço. Para isso, os médicos utilizam medicamentos chamados DIURETICOS, como a furosemida e a hidroclorotiazida. As doses e o tipo dependem do tratamento necessário para cada paciente.

O tratamento da Doença Renal Crônica é muito complexo, o médico precisa levar em consideração todos os fatores e doenças que cada paciente tem para definir qual o melhor procedimento. Não tome nenhum medicamento sem autorização do médico.


FARMÁCIA DE ALTO CUSTO – SUS

  • O Sistema Único de Saúde oferece alguns medicamentos gratuitamente, mediante prescrição (receita) do médico.
  • O paciente deve levar a receita à Farmácia de Alto Custo em que estiver cadastrada para receber a medicação. Converse com a Assistente Social da Clínica para obter ajuda e mais informações.

Agende sua consulta com um nefrologista.